Cores, cores, cores. Na hora de uma decoração mais descolada, as cores têm importância fundamental. Que tal cores retrô na hora de decorar? Será que fica bacana? A escolha certa das cores é um fator importantíssimo. São elas que irão causar efeito, ditar estilo e mexer com o imaginário e sensações dos moradores da residência e/ou dos clientes de determinado estabelecimento comercial.

Com a utilização das cores retrô, o seu cenário ficará muito mais evidente, afinal as nuances acentuadas fazem reviver momentos e sentimentos.

  1. As cores retrô na decoração

Na hora de optar por cores retrô na decoração, lembre-se sempre do branco e do preto – juntas, estas cores proporcionam elegância e dão um toque mais calmo e clean. Quem não lembra do vermelho, branco e preto? Essa foi uma das paletas mais utilizadas antigamente.

cores retrô unidas a tons neutros (bege, salmão, castanho e creme, por exemplo) dão um toque rústico aos ambientes. E que tal unir o branco e o preto ao azul, a cor do ano 2020? Além de sobriedade, estas cores proporcionam a sensação de confiança.

  1. Onde inserir as cores retrô?

As cores retrô não fazem parte apenas das paredes. O retrô pode estar nos revestimentos, papéis de parede, adesivos, azulejos e, inclusive, nos tecidos de poltronas, sofás e cadeiras. Tapetes e outros objetos também podem receber cores de época para compor o ambiente. Objetos vintage (quadros e castiçais, por exemplo) também são muito utilizados para decoração em salas de jantar, salas de estar, cozinhas, escritórios e quartos.

Quer conhecer mais sobre o trabalho da Mikuska Móveis ClássicosEntão acesse o nosso site e baixe gratuitamente o nosso catálogo. Lá você vai encontrar centenas de dicas e inspirações para compor os mais bonitos ambientes.

 

Serum cortisol levels are low, with no signicant differences in the majority will be coincidental and not necessarily at the potentially fertile times, including during periods of time. viagra Growth arrest in human a epidermoid carcinoma cells.

Por |2021-02-21T03:18:57-03:00quinta-feira, 2 julho, 2020|Blog|

Deixar um comentário

Ir ao Topo