Se você tem curiosidade para saber como é o processo de criação de um móvel clássico, está no lugar certo. Por isso, hoje iremos apresentar o processo de fabricação dos móveis clássicos, aqui na Mikuska.

Todo o processo de fabricação de um móvel clássico é complexo e envolve estudo, vários profissionais e algumas etapas que devem ser respeitadas. Dessa forma, aqui na Mikuska, um dos destaques durante a fabricação de um móvel clássico é a marchetaria, a arte do encaixe para ornamentar uma superfície.

Confira o passo a passo para a fabricação de um móvel clássico:

1 – Elaboração do projeto

O primeiro passo é elaborar um projeto para o móvel que iremos construir. Sendo assim, essa parte envolve criatividade e técnica dos profissionais, já que são pensadas as funções que o móvel terá, o seu conceito, o seu design e cada detalhe. Neste momento, a marchetaria específica de cada peça também é planejada.

É feito um desenho ou uma ideia do móvel a ser desenvolvido, pode ser uma foto de um móvel, de um filme, ou de algum museu. E por fim, adaptamos pras necessidades dos dias atuais com os materiais disponíveis no mercado.

2- Plano de corte e corte das peças

Com os projetos elaborados, é feito o plano de corte. Dessa forma, ele visa definir as peças que serão montadas para a montagem do móvel. Por isso, o plano de corte é essencial para o trabalho de marcenaria, uma vez que ele otimiza o trabalho e minimiza o desperdício.

Após o plano de corte é realizado o corte e as aparas necessárias no móvel. Sendo assim, são separados as madeiras e os painéis que serão utilizados na peça, logo feito o plano de corte e passando a montagem.

3- Montagem

Com as peças cortadas e aparadas, a etapa seguinte é a montagem do móvel clássico. Essa etapa é muito importante para garantir a qualidade do móvel quando finalizado. Também conta com profissionais capacitados e diversas ferramentas. Nesse momento, os itens de madeira ganham outros componentes como peças em vidro, espelhos e ferragem.

Ainda na montagem são testadas as portas, gavetas e demais funções do móvel. Além disso, os materiais cortados são montados transformando as madeiras em móveis. Sendo assim, nesse momento falamos que a peça está no “osso”. Pois pode ir para marchetaria ou direto para pintura para laquear.

4- Marchetaria

Com o desenho já planejado na primeira etapa, inicia-se um processo artesanal de montagem dos desenhos que transformarão o móvel em uma peça única. Aliás, este processo é iniciado anteriormente, mas nesta etapa ele é anexado ao móvel.

Para a marchetaria é importante a presença de artesãos profissionais que conseguem concretizar os efeitos especiais nos móveis. Sendo assim, é feita com recorte e encaixe de lâminas e rádicas naturais formando o desenho! Depois de feito o painel é aplicado sobre o móvel no osso e em seguida encaminhado para pintura.

5- Pintura ou envernização

Para finalizar é feita a pintura ou a envernização adequada aos móveis de madeira. Dessa forma, o verniz é também uma proteção à madeira e proporciona o destaque necessário à peça. Depois disso, as peças são lixadas e preparadas para receber três demãos de selador PU e depois mais uma demão de Verniz PU para dar o acabamento.

6- Montagem final e controle de qualidade

Por fim, nessa última etapa colocamos os puxadores, travas nas gavetas, vidros e leds nas cristaleiras. Além de também fazer uma última inspeção na peça e no final, é embalada e enviada ao cliente.

​​​​​​​Gostou de saber as principais etapas na fabricação de um móvel clássico? Assista o nosso vídeo sobre produção dos móveis! Aproveite e baixe o nosso catálogo e confira todas as opções de móveis que temos para você.

Por |2021-03-17T14:10:15-03:00quarta-feira, 24 março, 2021|Institucional, Móveis clássicos|

Ir ao Topo